terça-feira, 23 de abril de 2013

Coisinhas que sabem bem



Esta semana disse para mim mesma que ia começar a comer de forma saudável, até comprei uma carrada de legumes para fazer sopa. No entanto ontem, por volta das 21h quando ia fazer o jantar, o meu namorado com os seus olhos de cordeiro perguntou-me se eu queria mesmo sopa, se não me apetecia antes outra coisa.

Pois, lá se foi à sopa e lá fomos comprar um kebab para cada um :)

Bom dia minha gente ^^

sábado, 20 de abril de 2013

Viver num rés-do-chão #1

Isto de viver num rés-do-chão tem que se lhe diga. Uma pessoa vai à cozinha ou à sala, olha para o lado e pronto vê tudo e mais alguma coisa a acontecer, e é que nem é preciso ser cusca, é só mesmo olhar em frente e vê-se de tudo xD
Ontem na pausa para almoço vi uma cena que só me deu vontade de rir. Explicando: olho lá para fora e vejo uma miúda (com os seus 18 anos para aí) com uma coisa muito estranha na cabeça, eu que vejo mal e porcamente pensei que era uma coroa, o que me fez aproximar ainda mais da janela. Não, afinal não era uma coroa, mas antes um daqueles lenços que agora o pessoal tem a mania de enfiar no cabelo, assim um lenço com aquele padrão tigrado, e a acompanhar tinha uma roupa, olhem eu nem consigo explicar o que era aquilo que ela tinha vestido. Cada um tem os seus gostos, lá isso é verdade, mas há cada um! xD O mais cómico foi quando ela se pôs à frente da minha casa, a ser fotografada pela amiga que tinha uma máquina toda xpto. Pose para aqui, pose para acolá, beicinho e tal, e eu ali feita parva a rir-me que nem perdida. Aproveitei e chamei uma das raparigas cá de casa, outra que se partiu a rir e que disse que a conhecia lá da universidade.

Claro que à noite aquilo já estava tudo no facebook e com sorte deve andar por um desses blogues de moda também :D
Bom sábado minha gente ^^

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Nós

E assim passaram-se seis anos, tão rápido olhando agora para trás, mas tão bom :) 
E amo-te desta forma desajeitada, mas sincera 
Para sempre e sempre contigo meu pequeno ♥

terça-feira, 16 de abril de 2013

Toca a andar com isto para a frente







Por vezes não é preciso muito para trabalharmos com vontade, para ganharmos motivação e encararmos a vida com esperança. Para mim hoje basta-me boa música e um lindo dia de sol a acompanhar :)
Toca a sorrir minha gente. Bom dia alegria ^.^

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Sim, estou viva

De vez em quando surgem pequenas motivações, que apesar de serem coincidências, sabem bem à mesma. Ontem, sobrecarregada com os trabalhos de mestrado, desanimada pela última recusa de emprego, preocupada com as fracas perspectivas futuras, abri a página da internet e comecei a fazer pesquisa para um relatório. Inseri apenas duas letras "do" e antes de sequer continuar, o google apresentou-me um resultado, apenas um mas o suficiente para me fazer sorrir. Dizia ele: "don't you worry child" :)


Sim eu sei que é o nome de uma música, porreira por acaso, mas aquela frase naquele momento fez maravilhas xD

segunda-feira, 25 de março de 2013

Pausa


O blog vai fazer uma pausa, pequena é certo, no máximo duas semanas. Uma pausa para dedicar-me ao mestrado, mas acima de tudo para dedicar-me a mim mesma. Sinto falta de ler um bom livro, de ver um bom filme, de namorar, de estar longe da internet, longe deste mundo. Não é uma paragem definitiva, claro, porque na verdade eu já não vivo sem isto, simplesmente é uma pausa. De vez quando também é preciso :)

sábado, 23 de março de 2013

Eu recebi


Perdi a vergonha na cara e enviei um e-mail para facebook@oleoban.pt, a pedinchar umas amostras dos produtos deles. Uma semana depois (sem sequer me terem respondido ao e-mail), tinha uns produtos iguais aqueles alí na foto em minha casa, assim como um gel de banho e creme para bebé :) 

P.S. A foto não é minha, mas retirada da internet. Sou uma preguiçosa admito :D

quarta-feira, 20 de março de 2013

Exercício


 Opá eu acho que nem assim eu começava a correr. Ai ai minha querida preguiça xD
Boa quarta-feira ^.^

terça-feira, 19 de março de 2013

Hoje

Hoje é dia do pai lá isso é verdade, mais um dia em que nos devemos lembrar de todo o apoio, amor e dedicação que esse homem nos oferece sem pedir algo em troca. Não só hoje claro, mas todos os dias.
Porém o dia de hoje ainda é mais do que isso, ainda é mais do que apenas um dia comemorativo da figura paternal. Hoje, 19 de Março é o dia que marca os dois anos de morte do meu avô e um ano da morte da avó do meu namorado.
Ainda me lembro como se fosse hoje do beijo de despedida que dei ao meu avô minutos antes dele falecer, da face quente, do seu cheiro, da sua calma. Ainda me lembro como se fosse hoje da chamada que recebi do T., de eu sair a correr da aula, do lugar exato onde recebi a notícia da morte da avó dele, da minha voz controlada ao telefone e das lágrimas no fim do telefonema. 
Este dia por mais que se queira nunca mais vai ser o mesmo, nem para mim, nem para o meu namorado, nem para as nossas famílias.

Porra e agora comecei a chorar, e logo eu mulher que se diz fria e que nunca chora. 


segunda-feira, 18 de março de 2013

O meu computador tem a mania


Este fim de semana o meu computador lembrou-se de fazer birra e "obrigar-me" a estudar. Sei que o que aconteceu foram apenas coincidências mas que foram interessantes, lá isso foram.
Explicando a coisa: este fim de semana tinha de estudar uma matéria bastante complicada. A vontade não era muita é certo, o computador alí a olhar para mim a fazer-me olhinhos, tão grande era a tentação que a meio da tarde de sábado mandei o estudo para o diabo e lálálá, toda contente na net. O quê que o meu querido pc decide fazer? Pimba, bloqueia-me aquilo tudo -.- Fico feita parva a olhar para ele, desligo o pc, volto a ligar e passado um pouco bloqueia outra vez. Como não tinha paciência para andar a brincar ao liga e desliga lá fui estudar. 
Ontem a coisa foi muito mais caricata. No final do almoço pensei cá para mim, ah vou uns 15 minutos à net e depois vou estudar. E não é que passado 15 minutos a net passa-se da cabeça e vai abaixo?! xD 
Ao lanche a mesma treta, vou um pouco à net, fixo um tempo de descanso, passa esse tempo e pimba o pc bloqueia. Pronto, lá fui eu estudar.
Por volta das 20h já com vontade de mandar o estudo às urtigas mas sabendo que ainda faltavam umas coisitas para acabar (mas sem vontade) tento ir à net. Pois, nada, nadinha...a net tinha morrido -.- 
O mais engraçado? No fim de acabar de estudar tudo já tinha net, já tinha o pc operacional e assim foi o resto da noite, sem problemas :)
O raio do computador tem a mania é o que é, anda a armar-se em minha mãe e a mandar-me estudar xD

domingo, 17 de março de 2013

Na cozinha

Ontem decidi fazer massa; para cobrir preparei um molho de tomate, daqueles bem simples, com cebola, polpa de tomate, salsa e orégãos. O namorado para cortar a cebola quis experimentar a picadora que compramos no Lidl, no entanto distraiu-se e acabou por picar aquilo em demasia, ao ponto da cebola ter ficado uma papa, assim com algum líquido (tipo água). Ainda fiquei a olhar para aquilo desconfiada, mas pronto não ia pôr fora não é?! Então lá fiz o molho, lálálá, foi para a mesa e...aquilo estava horrível minha gente! Tão mas tão fraco meu deus, olhei para o meu namorado e o coitado estava com aquela cara de "só não cuspo isto tudo porque pronto". Eu adoro cebola mas ao triturar até aquele ponto e misturar com a massa deu um sabor azedo ao preparado :/ Lá foi a massa para o lixo, enfim :S 
Depois claro andei a atacar o bolo que tinha feito :)
Bom domingo ^.^

sábado, 16 de março de 2013

Música


Adoro ouvir música, faz bem ao ego, faz-me sorrir e sonhar :) Neste momento o meu site de eleição para ouvir música é ESTE. E o vosso? xD
Bom fim de semana minha gente :)

sexta-feira, 15 de março de 2013

O que se vê por aí

 






Estão a ver aqui o look fantástico do Neo, personagem do filme Matrix? Pois, acabei de passar por um senhor com uma roupa em muito parecida (o casaco do homem ainda era pior, daqueles de plástico a imitar cabedal), umas botas iguais e até tinha uns óculos idênticos aos da foto. Fiquei feita parva a olhar para o homem xD
Vá são gostos.

quinta-feira, 14 de março de 2013

Será que se vão calar?!

Olha e temos papa! A ver se agora a comunicação social se cala com as notícias do homem que eu já estou farta -.-
Já agora, fica um vídeo interessante sobre todo o processo de eleição e chegada aquela posição:



P.S. Coisa gira é eu virar-me para o meu namorado, anunciar que já temos papa e ele ficar a olhar para mim feito parvo durante um par de tempo. Lá estava o homem a confundir a coisa com as papas cerelac xD

terça-feira, 12 de março de 2013

Vou ficar ainda mais sexy

Tenho a anunciar que depois da consulta de ontem é bem provável que a menina aqui vá usar aparelho. Sim, sim, aquele arame farpado cuchicuchi, tanto em cima e em baixo que é para combinar e parecer uma árvore de natal :D

Já ando há uns anos a querer pôr, mas com a crise a coisa não ajudou. É que aquilo é caro minha gente, a minha conta vai ficar a zeros coitadinha, mas sinceramente depois de tanto pensar decidi que é o melhor, estou farta de olhar-me ao espelho e ver alí uns dentes tortos. A maior parte da família e amigos dizem que a coisa nem se nota muito, para deixar andar e gastar o dinheiro em outra coisa; salva-se a mãe e o namorado que sempre deram apoio e encorajaram-me a ir com isto para a frente.

É que se for a ver bem ou é agora ou nunca, que eu tenho mais que fazer do que andar de aparelho aos 40 anos xD

segunda-feira, 11 de março de 2013

Coisas nossas

Eu e o meu namorado não nos tratamos por "querido(a)", "bebé", "fofo(a)", "amor" e coisas que tais quando estamos em modo mimo. Não, isso é para os outros.
Ele é o meu feio e eu a feia dele e é assim que somos felizes :)
Já agora fica a música para uma boa segunda-feira. Confessem lá, isto não dá logo vontade de sorrir?!




sábado, 9 de março de 2013

Para os mais distraídos

Certo já todos vocês sabem, mas para os mais distraídos toca a passar por AQUI, basta preencher um breve questionário, colocar a morada e pronto, recebem em casa um vale de desconto de 3.80 euros na compra de um champô da marca :)

Eu já recebi o meu xD

quinta-feira, 7 de março de 2013

Eu vou para o inferno eu sei

Sempre que vejo em certos programas/blogues mulheres a dizer que quando vão passear os cães levam sempre calçados uns belos de uns sapatos de tacão (nada pequenos por sinal), penso sempre para mim mesma: "devias de ter os meus cães, tropeçavas logo mal punhas os pés na rua e espetavas-te com o focinho na calçada"  xD


terça-feira, 5 de março de 2013

Vamos lá pôr os pontos nos iiis



   Uma das coisas que me faz extrema impressão é ouvir as mulheres a queixarem-se do quão inúteis são os maridos em casa. "Ai o meu Zé não faz nada em casa, limita-se a alapar o rabo no sofá e eu é que tenho de lavar, aspirar, cozinhar", e sabe-se lá mais o quê.
   Faz-me confusão este tipo de discurso, ver a tristeza e frustração no rosto dessas mulheres, e ainda mais quando constato que se tratam de mulheres novas, com os seus 20, 30 anos.
   Sempre que ouço alguém a queixar-se, pergunto: "Se estás assim tão mal porquê que não pões os pontos nos iiis lá em casa, porquê que não reclamas?" A resposta anda sempre pelo mesmo: "Ai deixa lá, agora já é tarde", "ele não me ouve", ou a típica frase "o trabalho doméstico é trabalho da mulher, sempre foi assim, tenho de me habituar", bláblá.
   Pois isto é tudo muito bonito, mas eu penso sempre o mesmo: "Devia de ser comigo, levava logo um berro que se endireitava ou então um pontapé no cu e ia para o olho da rua".
   Minha gente nós não somos escravas, nós não nascemos para servir os homens, a época em que a mulher devia ficar em casa e ai dela se abrisse a boca já passou. Porra, para quê tanta luta, para quê tantas mulheres a sacrificarem-se pelos nossos direitos, se nós agora em vez de agirmos, andamos a lamentar-nos pelos cantos pelo facto de o nosso companheiro não fazer nada em casa?! Se ele não faz e vocês detestam isso, toca a dar um berro a ver se o homem acorda para a vida.
   É que com todo o respeito já estou farta desse discurso de coitadinha: "ai coitada de mim que tenho de fazer tudo em casa", "o meu marido não faz nada", "ai que a culpa é da mãe que o habituou mal", ai ai e mais ais. Mas que treta é esta minha gente?! E conversar com o marido não? E pôr a ordem lá em casa também não? É só ai ai ai,  e depois na hora bico calado?! É que se for assim, a culpa não está só do lado do homem (que tem muita é certo), mas também do vosso lado, que realmente querem que as coisas mudem mas depois só se queixam para o ar, e continuam a apaparicar o menino.
   Quando se inicia uma relação tem de se ter noção de com quem se está a namorar, a pessoa pode ser muito querida, muito fofa e bláblá, mas se for um machista do pior quase de certeza que a coisa vai estalar um dia, e sinceramente mais vale acabar ou tentar mudar a pessoa (que sinceramente é difícil) no início da relação do que depois, já casados e com filhos. Pois, porque não vamos ser hipócritas, depois de viverem juntos, estarem casados, terem filhos torna-se mais complicado, tudo é mais complicado. A pessoa pode estar mal mas não tem a coragem para ir embora, para abandonar tudo aquilo, porque muito está em jogo. Não quer dizer que eu um dia seja assim, mas conheço muitos casos para saber do que falo :/
   Por outro lado, sei que existem mulheres que até não se importam e que vivem bem com esse fardo. Pronto aqui tudo bem, custa-me é certo ver a mulher a rebaixar-se a esse ponto, mas isso é lá com ela. Porém, a cerne deste texto não é este tipo de mulheres, mas antes aquelas que estão mal, zangadas com a vida e com os companheiros, que se lamentam pelos blogues e pela praça, que estão fartas de ser escravas e que mesmo assim não se revoltam. Revolta-me ver mulheres neste estado, mulheres que não têm a coragem de dar o passo necessário, que se humilham perante os homens, que têm de aguentar muitas vezes as boquinhas machistas do marido, mulheres tantas vezes inteligentes, com curso superior, trabalho bem remunerado, mas que depois em casa sucumbem aos caprichos dos maridos. E já nem estou a referir-me só às tarefas domésticas...
   Enfim, cada um é livre para conduzir a sua vida, isso é certo. Mas o que é também certo é que eu não sou mulher para andar a tratar o meu namorado como uma criança. Aqui em casa dividem-se as tarefas e é assim que a coisa vai continuar. Ah e atenção, eu não só limpo, aspiro e cozinho, eu também não tenho medo nenhum de pegar nas ferramentas que tenho no armários, cortar a relva e tratar do meu carro. Aqui não há desse tipo de diferenças e ponto final.
   Ai não queres fazer nada?, temos pena, malas à porta e não se fala mais nisso.

segunda-feira, 4 de março de 2013

Poesia

Amei Demais  

Madruguei demais. Fumei demais. Foram demais
todas as coisas que na vida eu emprenhei.
Vejo-as agora grávidas. Redondas. Coisas tais,
como as tais coisas nas quais nunca pensei.

Demais foram as sombras. Mais e mais.
Cada vez mais ardentes as sombras que tirei
do imenso mar de sol, sem praia ou cais,
de onde parti sem saber por que embarquei.

Amei demais. Sempre demais. E o que dei
está espalhado pelos sítios onde vais
e pelos anos longos, longos, que passei

à procura de ti. De mim. De ninguém mais.
E os milhares de versos que rasguei
antes de ti, eram perfeitos. Mas banais.

  - Joaquim Pessoa

domingo, 3 de março de 2013

Lá se foram os planos

 Os planos para ontem eram simples: levantar-me às 8h, ir às aulas, chegar a casa e preparar tudo para ir a casa dos pais. Matar as saudades, sentar o rabo no sofá e pôr os comentários em dia.
Pois, nada disso (ou quase nada) aconteceu.
O despertador lá tocou, mas eu só me lembro de pensar "Vais ter uma sorte!", mandá-lo calar e aconchegar-me ao namorado até às 11.30h. Lá se foi a aula, eu não sou mesmo de fiar quando estou com sono xD 
Lá fiz as malas, deixei o namorado em casa e vim ter com os papás. Beijinho para aqui, abraço para acolá, sofá no canto do olho, a preguiça a chamar e a minha mãe "Ai que estou tão cansada e a tua irmã está a estudar, arruma lá a casa arrumas? com os seus olhos de menina. Toca a arrumar, lálálá, olho para o relógio, são 19h, pronto hora de parar e sentar. Pois, querias. A minha mãe (que supostamente estava "tão cansada", matreira a mulher), sugeriu irmos jantar fora visto o pai estar em jantar de trabalho e supostamente nós também merecemos. Pronto, e lá fomos as três: eu, a minha irmã e a minha mãe, à descoberta de um restaurante que nos tinham recomendado. O problema foi dar com ele, mas lá demos, cheio como tudo, mas com um bom preço e excelente comida. Ah e ainda tive direito a um belo de um gelado, ai ai que coisa boa.
Se foi um bom sábado? Sim foi :)

Bom resto de domingo minha gente ^.^

sábado, 2 de março de 2013

Sapatilhas


Adoro all stars, tenho uns bons pares guardados para aquelas ocasiões mais informais e outros pares em estado lastimável,  já quase rotos de tantas caminhadas, que tantas boas recordações me trazem e que só não foram para o lixo porque a nostalgia bate (só para terem noção, um dos pares que tenho lá guardado chegou a ser do meu tio, encontrei no sótão da minha avó).
O que é mais engraçado é que há uns anos a minha irmã detestava estas sapatilhas, torcia sempre o nariz quando me via com elas e dizia "ai que isso é feio". Pois, agora é vê-la a implorar à minha mãe para comprar umas all star, a suspirar pelos cantos quando vê alguém com elas e a fazer choradinho pelo facto de ela calçar um 38 e eu um 41, o que impossibilita um pouco que ela se atire às minhas. O que me rio com ela xD 

Bom fim de semana minha gente ^.^

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Porque de vez em quando lá sai uma receita

Andava eu com um carrada de frango no congelador e sem saber o que fazer com ele (chega a uma altura em que se fica farta de comer frango no forno, frango estufado, frango panado e lálálá), quando encontrei uma receita interessante de croquetes de frango. Claro está que me atirei logo à coisa xD

Croquetes estaladiços de frango e presunto



Ingredientes

(Para 8)

4 colheres de sopa de azeite
4 c. de sopa de farinha
200 ml de leite
115g de frango cozido picado (eu não o piquei. Limitei-me a coze-lo e a desfiá-lo ao máximo. Serviu na mesma)
55g de presunto serrano ou outro presunto curado, muito finamente picado (visto o T. não gostar de presunto troquei por fiambre aos cubos)
1 c. de sopa de salsa fresca picada, mais uns pezinhos para guarnecer
1 pitada de noz-moscada, moída no momento (eu como não sou grande fã de noz-moscada troquei por orégãos)
sal e pimenta
1 ovo, batido
55g de pão branco com um dia, ralado (não vão nas tretas da receita, podem limitar-se em usar pão ralado de saca comprado nos supermercados que a coisa serve)
óleo para fritar
maionese de alho, para servir

Confeção

1. Aqueça o azeite numa caçarola. Misture a farinha até obter uma pasta e, mexendo constantemente, deixe engrossar sobre lume brando durante 1 minuto. Acrescente gradualmente o leite até a mistura ficar macia. Deixe ferver, mexendo constantemente, até o preparado engrossar.

2.Retire a caçarola do lume, junte o frango picado e bata até obter uma consistência macia. Adicione o presunto picado, a salsa e a noz-moscada  e misture bem. Tempere com sal e pimenta. Transfira para um prato e deixe arrefecer durante 30 minutos, depois tape e leve ao frigorífico 2-3 horas, ou durante a noite.

3. Deite o ovo batido num prato e o pão ralado noutro prato. Divida a mistura de frango picado em 8 porções, depois molde-as em croquetes (eu diverti-me nesta parte: moldei em forma de bolinhas, croquetes, aquela forma dos bolinhos de bacalhau, rissóis...). Mergulhe os croquetes, um de cada vez, no ovo batido, depois passe-os pelo pão ralado. Leve ao frigorífico durante uma hora.

4. Aqueça o óleo numa frigideira a 180-190.ºC. Frite os croquetes, poucos de cada vez para não baixar muito a temperatura do óleo, durante 5-10 minutos, ou até ficarem dourados e estaladiços. Retire os croquetes com uma escumadeira e escorra-os bem em papel absorvente.

5. Sirva os croquetes bem quentes, guarnecidos com pezinhos de salsa e maionese de alho.

P.S Eu tinha em casa muito mais de 115 gramas de frango, limitei-me a duplicar a receita e aquilo rendeu-me 30 croquetes! Os em excesso foram para  o congelador, já panados e prontos a fritar, para mais tarde cozinhar xD
Já agora aquilo ficou mesmo bom! ^.^

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Não é à base dos ciúmes que uma relação se constrói


   Dou-me conta chegando a quase 6 anos de namoro que eu não sou, nem nunca fui lá muito ciumenta. Tive as minhas fases é certo, fruto da adolescência e insegurança, porém hoje em dia confio completamente na pessoa com quem namoro, não havendo lugar para dúvidas.
   Posso de vez em quando ter uma leve pontada de ciúmes, uma birra, mais um capricho até. Por exemplo, quando o meu namorado foi partilhar o apartamento com uma rapariga confesso que não fiquei preocupada, só comecei mesmo a ficar com o pé atrás quando reparei que a miúda se andava a atirar ao rapaz, mas depois de uma simples conversa cheguei à conclusão que estava a ser infantil e parva, que ele não queria saber dela e que não valia a pena perder o meu sono por tal coisa.
   E assim é a nossa relação, sem medos, inseguranças, sem ciúmes de todas as pessoas e mais algumas que metem conversa. Não vale a pena, sinceramente não vale. O ciúme só destrói uma relação, só a mina, só a ajuda a ficar mais fraca. Se amamos alguém devemos confiar nessa pessoa, acreditar nas palavras dela, só assim é que uma relação cresce e fortalece.
   Há que pôr na cabeça que nem todos os homens são uns filhos da mãe, que só querem saber de um bom rabo e que adoram relações de uma noite nas costas da namorada. Há que pôr na cabeça que nem todas as mulheres só por olhar para outro homem isso quer dizer que lhe querem saltar para cima, que nem todas traem sem pestanejar e são umas cabras de primeira.
   De que vale afinal entrar em jogos de perseguição e obsessão? Vasculhar os bolsos do casaco, conferir as mensagens e chamadas do telemóvel, seguir a pessoa para confirmar que ela vai para onde contou, ficar noites e noites no facebook à procura das amigas do namorado e investigá-las, analisar cada conversa, cada detalhe, stressar com cada smile, abraço, suposta troca de olhares e afins, é tudo fruto de uma mente insegura e psicótica. 
   Se pensarmos bem uma relação assim não é saudável, não tem pernas para andar, não tem futuro, porque ao fim ao cabo uma relação sem confiança não é na realidade uma relação amorosa. Lembrem-se disto minha gente: só se ama verdadeiramente quando se confia!

Vão lá ser felizes :)


Coisas do meu prédio # 1


   O pessoal que não é cá do prédio e vem visitar alguém não se limita a tocar à campainha. Não, têm sistemas mais elaborados que incluem a existência de uma palavra passe. Alguns até são tão elaborados ao ponto de criar um diálogo chave (com perguntas e respostas já decididas entre eles e só dizendo tudo direitinho é que a porta abre-se) -.-
   Isso e torturar a campainha quando ninguém abre a porta. Para o bem estar da pessoa que hoje ficou 20 minutos a tocar à campainha do prédio, espero que eu nunca descubra quem ela é! :S
   Já agora, boa semana minha gente :D 



P.S. No caso de vocês estarem a tentar perceber como é que eu sei destas coisas, isto é simples: vivo num rés-do-chão, as paredes são finas, logo quando a campainha do prédio toca consegue-se ouvir tudo e mais alguma coisa. Isso e o facto de eu, quando não estou a trabalhar, passar demasiado tempo em casa a estudar, tipo anti-social xD

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Cada um com o seu corpo


Eu não sou magra é certo, não sou nenhuma modelo com um corpo perfeito. Tenho os meus defeitos, as minhas gorduras, não gosto particularmente da minha barriga e quando era mais nova consumia a paciência da minha mãe, ao chorar pelos cantos e proclamar que era feia e gorda xD Enfim, coitada da mulher, o que teve de aguentar (agora é com a minha irmã).

No entanto hoje aceito quem sou. É certo que não me importava de emagrecer uns cinco quilos (quilos esses que ganhei durante este inverno), mas não ando por aí feita obcecada. Sei que estou dentro do peso indicado para a minha altura, que não estou gorda, que não tenho problemas de saúde que me preocupam, por isso não vou dar cabo da minha cabeça apenas por uns quilos. Aceito-me como sou e pronto. Não sou nem nunca fui rapariga para fazer dieta, nunca fui daquelas pessoas que vão a correr para o ginásio, que comem verduras e peixe cozido ao almoço, um copinho de sumo e umas tostinhas ao pequeno almoço e mais umas quantas coisas estranhas que me fazem torcer o nariz. Sou uma gulosa irremediável e ponto final: não prescindo do meu pão com manteiga, do meu chocolate de vez em quando, dos cereais, dos meus bolos, de pizza e afins. Sou simplesmente adepta da moderação, há que saber ter um travão e não ingerir as gulodices à louca (até por razões de saúde), mas a minha definição do que é comer demais e o que é normal certamente é diferente da vossa :)

Eventualmente nestas semanas vou cortar um pouco nos doces, para ver se os quilos vão ao lugar, mas nada de loucuras, nada de tostas de ar duvidoso com uma fatia microscópica de fiambre e legumes e mais legumes com peixe e mais peixe. Não, essa não sou eu e sinceramente entre ficar assim, ou emagrecer à custa de dietas em que eu de certeza vou passar fome, bem prefiro ficar assim, porque eu sem chocolates sou outra qualquer que não a Pi Maria.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Cada um com os seus gostos






Quem me conhece sabe que eu adoro a chuva. Adoro o frio, calçar as minhas galochas, usar aqueles casacos quentes, gorros e afins :) 
Não me importava nada que as estações se resumissem  ao outono e inverno, e os meus países de eleição para passar férias são sempre frios. Sim sei que sou pessoa estranha, quando eu digo isto a alguém as pessoas ficam sempre feitas parvas a olhar para mim e a dizer que eu não sou normal. Enfim, sou feliz assim e isso é o que interessa :D
E hoje está a chover ^.^

P.S Esta semana não vou andar muito por aqui. O namorado está de férias, eu tenho aulas mas não trabalho, logo a semana vai ser essencialmente para namorar e muito :)

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Lálálálá

  
Bem e é hoje que finalmente, depois de três semanas, vou atirar-me para os braços do namorado :)
Vamos almoçar a casa dos pais dele (que são uns amores) e depois toca a ir para a nossa cidade, para a "nossa" casinha (ainda não vivemos juntos porque infelizmente ainda não é possível, mas tendo em conta que normalmente ele está lá todos os dias, é como se fosse).

Bom domingo ^.^

sábado, 16 de fevereiro de 2013

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Particularidades da televisão

Gostei particularmente da parte em que um jornalista da rtp1, salta propositadamente parte do texto do ex-secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas ( para consultar o blog: aqui )

O jornalista limitou-se a ler qualquer coisa como:
 Caro Paulo Núncio: queria apenas avisar que, se por acaso, algum senhor da Autoridade Tributária e Aduaneira tentar «fiscalizar-me» à saída de uma loja, um café, um restaurante ou um bordel (quando forem legalizados) com o simpático objectivo de ver se eu pedi factura das despesas realizadas, lhe responderei que (...) peça a minha detenção por desobediência.

Depois, tendo em conta que faltava uma parte do texto, o jornalista cingiu-se a dizer "Ou em alternativa, numa atitude assumidamente de má criação..."

"...terei de lhe pedir para ir tomar no cu"

Atenção que esta parte do ir tomar no cu ele não a leu, simplesmente foi mostrada ao telespectador.

-.-

A sério? Custa assim tanto dizer para ir tomar no cu?! Ontem um jornalista da tvi leu o texto na íntegra e não é mais nem menos do que ninguém por isso.
Enfim, medricas xD

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Ao fim ao cabo onde reside a diferença?!

 

Para mim é indiferente se vocês namoram com um homem ou com uma mulher, desde que estejam bem assim, eu também estou :D
A ver se é nesta próxima década que o preconceito acaba (vale sempre a pena sonhar).


FAETWLSSML!

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Oh oh

Oh oh  e que verdade! Que bem sabe um banho daqueles demorados, bem quentinhos e repletos de sais, depois de um dia de trabalho :D

Quanto ao carro já foi arranjada uma solução (temporária). O meu pai levou-o hoje à marca e eles disfarçaram a maior parte dos riscos lá com os produtos deles, sem cobrar dinheiro. Ainda tem uns riscos é certo, principalmente no pára-choques mas nada demais, em comparação com a desgraça em que se encontrava. Para esses, por serem tão fundos é necessário uma nova pintura e isso é coisa que por agora está fora de hipótese (apesar de eu ter um seguro contra todos os riscos eles exigem uma franquia de 250 euros. Pois, vão ter uma sorte -.-) Vá sempre se remediou :)

Tudo de bom minha gente ^.^
 

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Inspira e expira

No outro dia como vocês sabem os meus cães riscaram-me parte do pára-choques do meu carro. Se fiquei chateada? Sim claro que fiquei porra, quem é que numa situação daquelas não ficaria?! Se fiquei com vontade de dar uma carga de porrada aos meus cães?! Sim, mas obviamente que não o fiz, porque eles coitados nem têm noção do que fizeram, são ainda novos e o que precisam é de bom treino.
Com o passar do tempo até esqueci-me daquilo do carro e comecei a pensar positivamente. Ah não está assim tão mal, tu consegues dar a volta à coisa, o pai do T. que já trabalhou nas oficinas ajuda-te e tudo, blábláblá.
Pois -.-
Isso é muito bonito mas tudo tem limites e a paciência e otimismo é uma delas.
Por diversas razões que agora não vou elencar, esta semana o meu carro ficou em casa dos meus pais a cargo deles. Quanto aos cães, na realidade, não são bem meus mas antes dos meus pais, porque afinal eu só aos fins de semana (e às vezes nem isso) é que posso estar com eles, logo quem os treina (ou pelos menos deve treinar) são os meus pais.
Pois, pois...
Problema: recebi uma chamada da minha mãe a dizer-me que os cães tinham riscado a porta do meu carro. A porta minha gente!
E o quê que apetece a uma pessoa neste momento?! Arrebentar com alguma coisa está claro, dar um murro na parede e chorar para dentro...
Uma pessoa ainda a digerir o que se passou no outro dia e agora pimba! Toma mais riscos num carro que veio para as tuas mãos sem um único risco!
É que se pelo menos tivesse sido eu a fazê-los, pronto, uma pessoa ficava chateada claro, mas o erro tinha sido meu, era para aprender a ter mais cuidado para a próxima. Agora quando eu não tenho culpa nenhuma da coisa...ai que uma pessoa até se passa.
E não me venham para aqui dizer que eu tenho de educar melhor os cães e que coisas dessas são normais de acontecer, porque a quem disse isso a vontade é que lhe aconteça o mesmo e depois conversamos. Eu nem sequer estou em casa, eu nem sequer educo os cães, porque se for a ver bem nem são meus, que raio posso eu fazer? Nada!
Claro que já reclamei com a minha mãe e mandei prendê-los a ver se eles aprendem. Por enquanto o meu carro estiver em casa dos meus pais, eles ficam presos e ponto final. Lá quero saber de treinos, educação, paciência e tretas dessas. Ficam presos e ponto final, que é para verem o que é bom.
E pronto esta sou eu chateada e este post serviu para exorcizar a raiva toda.
Vá vou mas é trabalhar e pensar como é que agora me safo desta :/

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013


As saudades já começam a apertar, afinal já são duas semanas longe do T., por causa do trabalho dele :/
Ai ai rapaz acaba isso depressa, que eu não estou habituada a estas coisas.

Boa semana minha gente :)
Bom trabalho para quem como eu não tem fim de semana prolongado, e bom descanso para quem o tem xD
  
Obrigada pelas dicas quanto ao outro post. Por enquanto ando a estudar possíveis soluções que não me dêem cabo da carteira :S

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Coisas que me dão cabo da cabeça


Bem eu estou para aqui uma carga de nervos que só visto :/
Ah e tal tenho dois cães tão fofos, bonitinhos e queridos. Pois pois, o problema é que eles volta e meia estragam alguma coisa: ou são os sapatos da minha mãe que foram à vida, ou são as meias, toalhas, camisolas e afins, ou é o MEU CARRO!
Sim aqueles filhos da mãe lembraram-se de se atirar ao pára-choques (o da frente) do meu carro e toca a riscá-lo todo! Ai meu deus que quase me deu um ataque quando vi aquilo, até me vieram as lágrimas aos olhos ao ver o bonito serviço :S
E logo eu que estimo tanto aquele carro, que só o risco que fiz no outro dia, ainda que pequenino, me deixou bem chateada, porque porra o carro é oferecido e veio impecável para as minhas mãos. Logo eu que volta e meia estou a lavá-lo e a aspirá-lo, que gosto tanto dele e que tento tratar bem dele na medida do possível...pimba toma lá uns mil riscos que é para ver como te safas agora :/

Minha gente alguma ideia de como melhorar a situação? Algum líquido ou assim que esconda aqueles riscos, alguma solução (barata) para aquilo ficar pelo menos um bocado melhor?
É que sempre que passo pelo meu carro dá-me uma vontade irracional de pegar nos meus cães e atirá-los pela janela :S


quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Desafio # 1

Alí a Limited Edition passou-me um desafio ( Liebster Award qualquer coisa) e eu como senhora de palavra vou responder ao pedido.
Bem as regras consistem no seguinte: dizer 11 factos aleatórios sobre mim e responder a 11 questões :)

Factos aleatórios:

- Tenho dois cães supostamente da raça Castro Laboreiro mas sinceramente começo a duvidar da coisa xD
- Detesto ervilhas
- Não gosto de andar de sapatos de salto alto 
- Não fumo
- Não tenho paciência para fazer compras (só de comida)
- Eu e as dores de garganta somos já velhas amigas (já sei de cor o tratamento, pena não as conseguir evitar)
- Tenho a Bíblia na minha mesinha de cabeceira ao lado dos livros científicos, não porque acredito em Deus, mas porque considero que é importante tentar perceber a história em que tantos acreditam, para assim poder saber de que lado estou
 - Não quero ter filhos
- Uso óculos para ler, ver tv e estar no pc mas não no dia-a-dia
- Adoro uma boa tablete de chocolate, mas já não sou grande apreciadora de gelado ou bolo de chocolate
- Tenho um 1.72 mas gostava de ser mais alta (sem sapatos de tacão está claro)

Quanto às questões que ela lançou-me:

1. Como surgiu o teu blogue?
Uma amiga minha há uns anos atrás criou um blog, e foi a partir daí que eu tive conhecimento deste fantástico mundo virtual. Andei uns meses a vasculhar blogues e mais blogues até o dia em que ganhei coragem e criei o meu :)


2. Achas isto dos blogues um disparate pegado ou até se encontram coisas interessantes?
Encontro coisas bem interessantes, existe gente mesquinha é certo e com o raio da mania que é boa, mas felizmente também existem por aí muitos bloggers bem porreiros e que vale bem a pena ler as suas peripécias.


3. Cheiras mal dos pés?
Tens de te encontrar comigo para o saber xD Uhhh

4. Filme, livro e série favoritos. 
Ui essa é decididamente difícil porque existem muitos filmes, livros e séries que gosto, todos em categorias diferentes. Sendo assim vou dizer alguns que gostei bastante :)
Filmes: The Godfather (I/II/III), What's Up, Doc?,The Nightmare Before Christmas, Inception, Django...
Livro: "The God Delusion" de Richard Dawkins e claro os policiais de Agatha Christie
Série preferida: Doctor Who

5. Dormes do lado direito ou esquerdo da cama? Ou depende?
Se estiver em casa dos pais, durmo no centro da cama sem lado específico. Já com o meu namorado, durmo sempre do lado esquerdo.

6. Eras capaz de viver numa ilha?


Hmmm estás a falar de viver numa ilha sozinha tipo Robinson Crusoe, ou simplesmente viver numa ilha em sociedade? É que no segundo caso tanto me faz, agora no primeiro espero que nunca venha a acontecer xD

7. Achas que devemos emigrar? 
Opá cada um sabe de si, mas se me oferecessem um bom salário e boas condições de vida lá fora, eu ia a correr, nem olhava para trás.

8. És do Benfica?
Só se fosse tola! Sou do Porto pá :D


9. Preferes passar os fins de semana em casa ou na rua num grande rogabofe?
Decididamente em casa ^^


10. Qual é a tua posição acerca da adopção de crianças por casais homossexuais?
Completamente a favor.

11. Preferes a teu lado pessoas que te digam sim a tudo ou que dêem alguma luta?
Porque raio eu ia querer pessoas que dissessem sempre sim?! Que monotonia seria a minha vida :S Claramente que prefiro pessoas que dêem alguma luta :)


Parabéns para quem leu até ao fim :D

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Esclarecimento


Até ao momento eu não tinha o hábito de aceitar selos/desafios por parte de outros bloggers. Tinha a mania vá xD. Porém, depois de ver tanta gente querida e fofa a nomear-me para inúmeros desafios e coisas interessantes, deixei de ser parva e a partir deste momento vou passar a aceitar (pode é demorar um tempo para responder a tudo mas eu aceito).

Aos que ficaram para trás peço desculpa, mas se me quiserem nomear a partir de agora para algum estão à vontade (cheira-me que toda a gente vai-se revoltar e não vou receber nenhum xD).


Coisas que sabem bem





Bom dia alegria! :)
Hoje quando o despertador tocou às 7.00h estava a ver que me ia dar uma coisinha má, dormi mal e porcamente e estava a custar horrores levantar-me. Ah mais cinco minutos pensei. De repente o telemóvel toca, era a avisar que não precisavam de mim lá no trabalho da parte da manhã, para aproveitar para descansar e ir só de tarde. Oh oh nem imaginam a minha cara de felicidade :D 
Tudo de bom minha gente ^.^

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Vamos falar de filmes # 1


                            Recomendo vivamente. Na minha opinião o filme é simplesmente genial!

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013









O Homem torna-se velho muito rápido e sábio demasiado tarde.

Provérbio Chinês

sábado, 26 de janeiro de 2013

Trabalho sexual





O que acham acerca deste assunto? Opiniões minha gente :)

A minha querida casinha


E hoje foi dia de ir visitar os papás :) Há umas semaninhas que não colocava cá os pés e as saudades já eram muitas, porque afinal a nossa casa é sempre a nossa casa ^.^ 
Agora é aproveitar o fim-de-semana para deliciar-me com a comidinha da mãe, dar muitos miminhos à minha irmã que foi operada e brincar com os meus cães na medida do possível (um deles está magoado, passaram-lhe com a roda do carro por cima da pata :s).
Ah, e supostamente também tenho que enviar um e-mail a uma professora minha, acerca de uma ideia que tive para a tese. Pois, mas ainda estou a pensar no assunto, é que a ideia é tão tola, tão diferente e não sei se aquilo dá pano para mangas (a mulher ainda se vai rir na minha cara com a coisa). Vá, logo se vê :)

Bom fim-de-semana

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

lálálá


Bom dia minha gente! :)
E finalmente, depois de quase 5 meses, os resultados saíram: consegui bolsa de estudo! :D 
Para quem não sabe, a bolsa de estudo é uma quantia monetária (que tem de corresponder no mínimo ao valor anual das propinas dividido por 10 meses) dada a quem seja considerado economicamente carenciado. Não é muito (menos que o ano passado é certo) mas não me posso queixar (nem me passaria pela cabeça queixar-me de alguma coisa que é oferecida. Nem que fossem 10 euros): cobre-me as propinas do mestrado, a alimentação e com sorte ainda dá para esticar para mais qualquer coisa. É um apoio, que nesta altura mais difícil, é muito bem-vindo :)



quinta-feira, 24 de janeiro de 2013







Bom dia alegria! :) 
Espero que tudo vos corra bem nesta quinta-feira ^.^
Já agora fica a dica: http://foodgawker.com/
Não sei se conhecem, é um site com ótimas receitas, em inglês é certo mas que considero que vale bem a pena espreitar :D

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Há dias em que não devemos por os pés na cozinha


Para quem não sabe, uma das minhas maiores paixões é cozinhar. Adoro passar horas de volta da cozinha, inventar pratos novos, sentir aquele cheirinho de um bolo acabado de fazer, ou de um empadão a sair do forno. Ando sempre à procura de novas receitas, de ingredientes diferentes do habitual, gosto de experimentar e de inovar, e sinceramente não me importava nada de um dia abrir um espacinho só meu :)
O jeito para a cozinha só surgiu quando vim para a universidade, porque em casa dos pais não era muito dada a essas coisas. A minha mãe bem reclamava mas eu népia, tachos não era comigo. Porém, depois de entrar na universidade comecei a apaixonar-me pela cozinha e hoje acho que até tenho jeitinho para a coisa (os meus pratos até costumam ser muito cobiçados pelas minhas colegas de casa).
Todavia, como nem tudo pode ser perfeito, há dias em que o melhor é mesmo sair da cozinha e não pôr a mão em tacho nenhum, porque aquilo não vai correr bem. Pois, hoje foi o dia.
De manhã decidi fazer um bolo porque não tinha nada de jeito para o lanche. Ah vou fazer um bolo de cenoura para aproveitar umas cenouras que andam por aqui. Nada de difícil portanto. Porém, o problema começou logo no início quando comecei a triturar as cenouras, como elas eram maiores que o costume tive de transferi-las para outro recipiente maior o que acabou comigo toda suja de cenoura, porque por enquanto triturava a coisa com a varinha mágica aquilo espirrava por tudo o quanto é sítio. Pois, devia ter parado por ali e ter-me apercebido que eu não estava nos meus dias. Mas não, decidi continuar. Lá juntei os ingredientes todos, foi tudo para o forno e pronto toca a contar 50 minutos.
Problema: ao fim de 45 minutos o raio do bolo ainda parecia cru -.- Oh que raio, e eu sem perceber o porquê. Lá deixei mais tempo a ver se a coisa se compunha. Depois de uns bons minutos a mais do estipulado lá tirei o bolo do forno. Problema: desenformá-lo! Pois, é que o estupor do bolo não queria sair nem à força. Ai ai maria e eu a querer fazer a cobertura de chocolate. Lá tentei e quase andei à porrada e de repente pimba, sai-me metade do bolo, porque o resto ficou lá enfiado e nem com unhas e dentes saía (é o que dá ter ficado mais tempo no forno). Lá andei eu a tentar remediar a coisa, a tentar com cuidado tirar o resto mas quase nada saiu, estava mesmo preso :/
Enfim, depois de estar num pratinho, lá mais ou menos remediado, comecei a fazer a cobertura. Pelo menos sempre disfarçava e cobertura de chocolate não tem nada que saber, já estou farta de fazer.
Pois, isso é tudo muito bonito, mas o problema é que quando começa a correr mal, indubitavelmente acaba mal. E foi assim: fiz a cobertura a pensar que estava jeitosa, comecei a despejar no bolo (à falta de pincel) e de repente reparo que aquilo tinha ficado mal derretido: estava tudo cheio de bolinhas muito pequeninhas de chocolate (como se fossem borras de café ). Oh aí é que me apeteceu pegar no bolo e atirá-lo pela janela, ai se não apeteceu!
Bem e depois de tudo isto ainda com esperança provei o bolo. Podia ser que estivesse bom, nunca se sabe. Pois, apesar do meu namorado comer e dizer que estava muito bom, cá para mim ele é um grande mentiroso porque aquilo bom de certeza não está :S 
Enfim, hoje não ponho mais os pés nas cozinha. Ainda dá asneira outra vez xD

P.S E agora o meu vizinho lembrou-se de começar a cantar ópera. Enfim, há cada maluco.

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Que tempo









Bom dia minha gente! :)
E o tempo por aí, como está? Por estes lados está sol, mas a noite foi horrível: tanto vento, tanta chuva, e como se não bastasse o granizo ainda se quis juntar à festa :/
Boa terça-feira ^^

domingo, 20 de janeiro de 2013

Pergunta


Lanço-vos uma pergunta: acham que hoje em dia é possível viver sem telemóvel? Vocês eram capazes de dispensar esta tecnologia?

Bom domingo ^^

sábado, 19 de janeiro de 2013


Bom dia alegria! :)
Então minha gente como é que vão as coisas por aí? A aproveitar o sábado ou a trabalhar?
 Ontem não tive mesmo oportunidade de passar por cá, além de ter de trabalhar, quando cheguei a casa por volta das 19h não tinha luz! Fantástico, estava um temporal enorme, eu com a roupa toda molhada a querer ir para o conforto da minha casa e pimba nada de luz. Só retornou por volta das 22h, tive de andar a colocar velinhas por todo o lado. Isto já não me acontecia há tanto tempo, nem pensava que ia acontecer por estas bandas: na zona dos meus pais, um vila pequena é natural acontecer, agora eu vivo numa cidade desenvolvida, ficar tanto tempo sem luz foi mesmo regressar à infância :D

Tudo de bom minha gente ^^
Hoje vou ficar por casa que lá fora está um temporal que até mete medo :S
Bom sábado :)

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Há dias


Há dias em que desejo com todas as minhas forças poder voltar atrás e escolher outro caminho, outro curso. Dias em que só me apetece enrolar na minha manta e esconder-me do resto do mundo, bater com a mão na mesa e abandonar tudo, começar de novo. 

Há dias em que só me apetece dar um estalo a mim mesma pelas escolhas que fiz, ou que melhor dizendo, deixei fazer por mim. Dias em que admito que tomei o caminho errado e que decididamente esta não é a minha área.

Dias em que choro até ficar com os olhos marcados, em que não me consigo levantar, em que me apercebo do quão sem perspectivas estou.

Há dias em que ganho coragem e faço a mala, pego no dinheiro amealhado e fico com a chave do carro na mão, a ponderar deixar tudo para trás. Dias em que não consigo olhar para os meus colegas porque sei que não pertenço aquele mundo, dias em que não tenho forças para continuar naquele trabalho porque aquilo não me preenche, não me cativa, não me diz nada...

 Hoje é um desses dias.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Prenda do senhorio


Bom dia alegria! :D
Para o pessoal curioso com a surpresa do senhorio tenho-vos a dizer que não, não foi um aumento da renda. O meu senhorio é cinco estrelas, faz tudo e mais alguma coisa que seja necessária pela casa: concerta o que estiver partido, troca móveis que começam a ficar velhos, nunca vem cá a casa sem antes telefonar a avisar toda a gente e...dá prendas!
Sim a surpresa de ontem foi uma prendinha de natal, aliás uma para cada rapariga que aqui vive. Eu tive uma caneca toda gira do gato preto com aqueles pratinhos a combinar para pousar a caneca e ao lado as bolachas/bolo/torradas, etc. Adorei, mais uma para a minha coleção :)
Nem todos os senhorios são más pessoas, eu tenho este vai fazer 4 anos (juntamente com a mulher dele que é definitivamente uma querida), e não tenho reclamação nenhuma. Tenho uma boa casa, a um bom preço e qualquer coisa que necessite é só telefonar para o senhor :)

Boa terça-feira
Tudo de bom ^.^

P.S Acho que vou ter que começar a marcar as minhas canecas com o meu nome, da forma como desaparecem cá em casa...e depois claro está, nunca é ninguém xD