quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Cada um com o seu corpo


Eu não sou magra é certo, não sou nenhuma modelo com um corpo perfeito. Tenho os meus defeitos, as minhas gorduras, não gosto particularmente da minha barriga e quando era mais nova consumia a paciência da minha mãe, ao chorar pelos cantos e proclamar que era feia e gorda xD Enfim, coitada da mulher, o que teve de aguentar (agora é com a minha irmã).

No entanto hoje aceito quem sou. É certo que não me importava de emagrecer uns cinco quilos (quilos esses que ganhei durante este inverno), mas não ando por aí feita obcecada. Sei que estou dentro do peso indicado para a minha altura, que não estou gorda, que não tenho problemas de saúde que me preocupam, por isso não vou dar cabo da minha cabeça apenas por uns quilos. Aceito-me como sou e pronto. Não sou nem nunca fui rapariga para fazer dieta, nunca fui daquelas pessoas que vão a correr para o ginásio, que comem verduras e peixe cozido ao almoço, um copinho de sumo e umas tostinhas ao pequeno almoço e mais umas quantas coisas estranhas que me fazem torcer o nariz. Sou uma gulosa irremediável e ponto final: não prescindo do meu pão com manteiga, do meu chocolate de vez em quando, dos cereais, dos meus bolos, de pizza e afins. Sou simplesmente adepta da moderação, há que saber ter um travão e não ingerir as gulodices à louca (até por razões de saúde), mas a minha definição do que é comer demais e o que é normal certamente é diferente da vossa :)

Eventualmente nestas semanas vou cortar um pouco nos doces, para ver se os quilos vão ao lugar, mas nada de loucuras, nada de tostas de ar duvidoso com uma fatia microscópica de fiambre e legumes e mais legumes com peixe e mais peixe. Não, essa não sou eu e sinceramente entre ficar assim, ou emagrecer à custa de dietas em que eu de certeza vou passar fome, bem prefiro ficar assim, porque eu sem chocolates sou outra qualquer que não a Pi Maria.

41 comentários:

  1. Gostei do que disses-te, temos de acitar como somos e quem precisa emagrecer ode faze-lo sem dietas maluca. Graças a deus nunca fui gorda, muito pelo contrario sofria de falta de peso, não por não comer mas sim porque sou assim, é de família. Com a toma da pílula, uma marca especifica comecei a engordar os quilos que queria, mas não passo dos 55kg,o único mal e eu comer muita porcaria que faz celulite, mas gosto tanto de comer que não consigo cortar nessas coisas.

    ResponderEliminar
  2. eu de dieta também fico mal humorada, mas chegou a altura de por um pouco de lado a comfort food e atacar mais saladas! ;)

    ResponderEliminar
  3. A meu ver a perfeição é quando nos aceitamos como somos. Com mais ou menos pneuzinho, o importante é sermos felizes e saudáveis!

    ResponderEliminar
  4. Temos que gostar de nós como somos a não ser que o peso a mais esteja a prejudicar a nossa saúde ;) Bjinhos***

    ResponderEliminar
  5. Acho bem que penses assim, e 5kg são muito fáceis de perder, é só cortar de vez em quando em certas coisas e tudo vai ao sitio, não te aventures em dietas malucas, acho bem que assim o faças xD
    E a verdade é que também não prescindo dessas coisas que me fazem tão bem ao apetite, como chocolates, bolos, pizza, aiii e lasanha tão boom *-*

    ResponderEliminar
  6. eu estou de dieta e estou no ginásio... mas toda a dieta que se preze, têm que ter o dia da porcaria... para sermos saudaveis não temos de abdicar do que mais gostamos... afinal de contas, até o chocolate faz parte da pirâmide alimentar e nós temos de ingerir todos os grupos :)
    eu tenho dias que gosto de mim, tenho dias que não gosto... mas digo que um dos motivos pelo qual estou a fazer isto, é a minha preocupação com a minha saúde... estou apenas a um quilo do que se chama de peso normal... mas tenho que ter imenso cuidado com a minha saude porque tenho por exemplo a tensão arterial muito alta...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo. É mesmo assim. E saúde é tão importante. Percebe-se quando começa a falhar. O resto torna-se secundário.

      Eliminar
  7. :) Mas que linda cabeça vai por esses lados!
    Gostei imenso do que li. Parabéns por pensares assim.

    ResponderEliminar
  8. R: O problema e que este pc já passou dos 15 dias e só a pouco começou a fazer isto...mas eu estou a fazer uma experiência por causa do windows a ver e o problema para ou não, se não parar terei de ir a loja.

    ResponderEliminar
  9. E mai nada :)
    Se tás bem contigo, é o que importa !!

    ResponderEliminar
  10. Gostava de ser assim comigo própria...
    Infelizmente não sou

    ResponderEliminar
  11. Eu gostava de ter o corpo de uma modelo... ao meu lado, na cama.

    ResponderEliminar
  12. Tem de ser, o que interessa é nos sentirmos bem! :) *

    ResponderEliminar
  13. Não era capaz de seguir uma dieta pelos mesmos motivos xP Adoro comer e não consigo prescindir de certas coisas, entre elas os chocolates :P Felizmente não tenho peso para perder xD Mas, se tivesse, mais depressa recorreria ao exercício físico do que a uma dieta ;P

    ResponderEliminar
  14. passei pra te fazer uma visita.adorei o blog
    http://chique-debonita.blogspot.com

    ResponderEliminar
  15. O que interessa é sentirmos-nos bem e estarmos bem de saúde! Eu também já fui mais gordinha e emagreci tanto que o médico pensava que eu tinha anorexia nervosa, voltei a engordar, sentia-me melhor antes... mas agora não como muitos doces nem refrigerantes, é o melhor :)

    ResponderEliminar
  16. ''No entanto hoje aceito quem sou. É certo que não me importava de emagrecer uns cinco quilos (quilos esses que ganhei durante este inverno), mas não ando por aí feita obcecada.'' - isto é tãooo eu (: mas percebi que o que interessa é sentirmos-nos bem connosco próprias, por isso vou começar a cuidar disso mas não obcecadamente!

    ResponderEliminar
  17. Sou exatamente assim também ;b
    R: Espero mesmo que sim *.*

    ResponderEliminar
  18. haja saúde e o resto é conversa (às vezes)

    ResponderEliminar
  19. Gostei de ler :) eu nunca gostei de mim, sempre me achei gorda, embora tenha sempre estado a maior parte do tempo dentro do meu peso normal. agora estou realmente fora do peso certo mas enfim... também não me entrego a loucuras, não dou para esse peditório. primeiro feliz e saudável, depois vem o resto. ser magra não é uma das prioridades do topo da lista!

    ResponderEliminar
  20. Só te digo que podia ter sido eu a escrever isto! lol :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Esquece o peso. Até porque antes de o perderes, tens de o ganhar (em massa muscular). Faz exercício. Isso é melhor que qualquer dieta. Aliás. dietas sem exercício duvido que resultem... Ou melhor, resultam sim. Mas não queiras a consequência: a flacidez.

    CUmprs

    ResponderEliminar
  22. PS: acho que todos nos achamos gordos grande parte da vida, principalmente na adolescencia. Mas é quando ficamos realmente com algo para nos queixar, que passamos a gostar de nós :)

    Hoje olho para fotografias onde estou com roupas 2 nºs acima daquele que me servia e penso: "Que estúpida! Pareço um palito e achava-me gorda!" - jamais voltarei a usar aquele nº de calça, eheheh!

    ResponderEliminar
  23. Obrigada pelas tuas palavras, mesmo Pi, dão que pensar (':

    ResponderEliminar
  24. o mais importante é gostarmos de nos como somos, o resto é paisagem :)

    ResponderEliminar
  25. Cada um com o seu corpo e no seu corpo. ;P

    ResponderEliminar
  26. O mais importante é ter saúde e gostarmos de nós mesmos do jeito que somos! (:
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  27. Sou tal e qual como tu, desde o verão até agora engordei um bom bocado, e não tenho paciência para ir para o ginásio e muito menos para começar a fazer dietas loucas :o As minhas gulodices, são essenciais para eu ser eu ;)

    ResponderEliminar
  28. sem doces, fritos e gorduras a coisa recompõem-se :)

    ResponderEliminar
  29. Fazes tu muito bem em aceitar-te :)
    Eu não consigo xD

    ResponderEliminar
  30. Gosto de pessoas assim, que se aceitam como são. Sentir-se bem consigo próprio é essencial para ser feliz! Ainda bem que és assim :)

    ResponderEliminar
  31. gosto muito (:
    http://trueofmyhistorylife.blogspot.com
    vê se gostas (:

    ResponderEliminar
  32. Acho que sobretudo há uma idade para tudo.
    Eu já não conseguiria fazer uma dieta de passar fome... caía literalmente para o lado.
    Mas já o fiz, com 15 anos....

    ResponderEliminar
  33. Gostei de te ler.
    da sinceridade
    e da personalidade.
    Somos o que somos e ponto final.
    Beijo

    ResponderEliminar
  34. O melhor mesmo é aceitares-te como és:) Se conseguires emagrecer melhor, senão não vale a pena desesperar. Até porque ninguém tem um corpo perfeito. Eu também nunca conseguiria fazer uma dieta. Sou incapaz de deixar de comer as ditas 'porcarias'. Mas no meu caso eu sou magrinha, e ganhar mais um quilo não me faria mal.
    R: Eu moro numa aldeia. Por aqui os autocarros são quase escassos. Mas essa é a hora a que chegarei a casa na pior das hipóteses.

    ResponderEliminar
  35. é assim que toda a gente devia pensar! :)
    r: obrigada, espero bem que sim :) eu tenho cuidado mas imagina que alguém da minha turma também tem um blog anónimo. meu deus! :s

    ResponderEliminar
  36. eu não me preocupo mesmo nada com estas coisas. nem penso nisso!

    ResponderEliminar
  37. Pi Maria, identifiquei-me com cada palavrinha deste post :)

    ResponderEliminar